SIGA A FENEP NAS REDES

3º episódio do podcast da Fenep traz dicas de como falar da guerra nas diferentes etapas do ensino

Está no ar o terceiro episódio da série de podcasts da Fenep ‘Educação Muda o Mundo’, com o tema ‘Como abordar a guerra entre a Rússia e a Ucrânia nas diferentes etapas do ensino’. O bate-papo conta com a participação da psicóloga Elaine Di Sarno e do professor de história Bruno Segatto. A mediação é do jornalista Pedro Pereira. O conteúdo pode ser acessado no Spotify, Deezer ou Apple Podcasts.

Para o professor Segatto o assunto não precisa ficar restrito somente às disciplinas de História e Geografia, pode ser abordado nas aulas de Língua Portuguesa, Sociologia, Física (relembrando os prêmios Nobel do leste europeu, nessa área, por exemplo), entre outras disciplinas. Outra forma de abordagem, segundo ele, é mostrando os impactos econômicos que o Brasil sentirá com a guerra. “Esses dois países são grandes produtores de petróleo, fertilizantes, itens agrícolas, portanto, os preços vão aumentar e, consequentemente, os gastos das famílias também, o que pode refletir em uma redução de custos com lazer, por exemplo. Ou seja, afeta todo mundo”. Independente do foco dado ao tema, Segatto defende que é preciso cuidado ao falar do assunto, além de definição clara de objetivos e metodologia.

O professor comenta que o assunto também permite trabalhar as habilidades socioemocionais, como a empatia. “Sensibilizamos o aluno a se colocar no lugar do outro e conhecer realidades diferentes. Também podemos desenvolver o senso crítico a respeito do tema”. Elaine complementa que a empatia é aprendida, não nascemos com essa habilidade. “Por isso, é importante fazer esse trabalho. Não podemos fingir que nada está acontecendo”, salienta.

A psicóloga acredita ser fundamental que a escola mantenha uma conversa aberta e fale sobre a guerra, respeitando cada fase de desenvolvimento do aluno. “Com as crianças pequenas podemos mostrar no mapa os países envolvidos, quem são os imigrantes, as coisas boas da Rússia, mostrando o lado positivo, que o país não é só o Putin”, exemplifica.

No episódio, os especialistas falam também sobre as angústias e a ansiedade que muitos estudantes estão enfrentando nesse retorno às aulas presenciais e a importância da parceria escola e família.

LEIA TAMBÉM