SIGA A FENEP NAS REDES

Conheça as propostas dos candidatos à Presidência para a educação

Documento elaborado pelo Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular mostra o que pensam os políticos sobre temas importantes para o setor

O Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular fez uma análise das propostas para a educação dos principais candidatos à presidência da República: Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL), Lula (PT) e Simone Tebet (MDB). O documento mostra o que cada político propõe para a Educação Básica, os ensinos Superior e Técnico e com relação à tributação do setor de educação. Também é apresentado um quadro comparativo, mostrando as ideias de cada candidato com relação a temas importantes para o setor, como novo Ensino Médio, educação à distância na Educação Básica, reforço do Prouni e do FIES, reforma do Imposto de Renda, desoneração da Folha, entre outros.

Acesse o documento.

Em relação à Educação Básica, propostas como a melhoria da estrutura das escolas públicas são compartilhadas por todos os candidatos, bem como a ampliação do ensino em tempo integral. Também há propostas específicas, como a do candidato Jair Bolsonaro, por exemplo, sobre o homeschooling e o combate à violência institucional contra crianças e adolescentes. Já o candidato Lula defende a necessidade de integração dos níveis governamentais e de recuperação do ensino pós-pandemia. A última proposta também citada pelos candidatos Ciro Gomes e Simone Tebet.

No Ensino Superior, Bolsonaro e Lula divergem quanto à autonomia das universidades públicas: enquanto o primeiro defende menos autonomia, o segundo pretende ampliá-la. Destaca-se também declaração recente do candidato Lula de que pretende reforçar programas como o Prouni e o FIES. Já, Bolsonaro deseja ampliar a captação de recursos privados pelas Universidades Públicas. O estímulo ao Ensino Técnico também é citado por alguns dos candidatos.

No final do documento, o Fórum cita o movimento “Educação mais Forte”, que elencou 10 propostas que devem ser priorizadas pelo próximo governo. No documento, é apresentado como cada candidato se posiciona sobre cada uma dessas propostas.

LEIA TAMBÉM