SIGA A FENEP NAS REDES

FENEP se manifesta diante dos resultados das eleições

Educação deve ser pauta prioritária

A Federação Nacional das Escolas Particulares (FENEP) salientando que, constitucionalmente, o ensino é livre a inciativa privada saúda o presidente eleito Luís Inácio Lula da Silva pelo resultado das eleições do último domingo (30). Sabemos que o Brasil é um país que tem desafios inadiáveis no campo da Educação. Por isso, precisamos tratá-la como atividade essencial e prioritária, apostar em soluções assertivas e, principalmente, investir em políticas de Estado.

Independente da instituição ser pública ou privada, o que almejamos é um ensino básico e superior de qualidade para crianças e jovens, afinal, a dicotomia entre público e privado não agrega valor aos propósitos do setor educacional brasileiro.

Podemos destacar alguns temas como a recuperação das aprendizagens perdidas durante a pandemia no ensino público, a formação de professores, o financiamento público estudantil para educação básica e ensino superior, o não pagamento de IR sobre serviços educacionais e as parcerias público privadas precisam ser prontamente atacados pelo novo governo.

Um bom diálogo em regime colaborativo entre os governos e instituições privadas se somam como alicerce para um futuro próspero e para um país que seja referência em metodologias de ensino, que se destaque por investimentos em inovação e que aposte em qualificação para gerar desenvolvimento social e econômico.

Respeitadas as premissas acima, a FENEP, no papel de legítima representante do ensino privado no Brasil, responsável por atender e contribuir na educação de aproximadamente 15 milhões de alunos, a um custo menor e com mais qualidade do que se fossem atendidos por instituições públicas, se coloca à disposição dos novos governantes para diálogos em prol de um único objetivo: assegurar um futuro promissor para os brasileiros.

Bruno Eizerik
Presidente da FENEP

LEIA TAMBÉM