SIGA A FENEP NAS REDES

SINEPE/AC comemora 33 anos de trabalho pelo setor educacional acreano

Elizabeth Costa, presidente do Sindicato, agradece FENEP pelo apoio em lutas diárias

O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Acre (SINEPE/AC), com sede na capital Rio Branco/AC, comemorou, em outubro, 33 anos de trabalho pelo setor educacional acreano.

A instituição tem importante missão no estado e a atuação varia desde o fortalecimento dos estabelecimentos de ensino privado até assessoria jurídica, pedagógica e administrativa. O SINEPE/AC representa as instituições públicas e privadas, ambientes em que também são discutidos assuntos do setor.

Frequentemente, a entidade promove ações para gestores, coordenadores e professores de todas as instituições filiadas. Um exemplo é a oferta de atualizações para esses profissionais, por meio de formação continuada.

Nesses 33 anos, são diversas histórias vividas, além de uma trajetória de lutas e de importantes conquistas na defesa dos estabelecimentos de ensino privado do estado, bem como na defesa coletiva.

A presidente do SINEPE-AC, Elizabeth Costa agradece aos associados que colaboram para fazer do Sindicato uma instituição consolidada, atuante, forte e respeitada. “É isso que dá sustentação às nossas lutas e garante a força necessária para que possamos enfrentar obstáculos. Seguimos plantando sementes para que os próximos anos, assim como os últimos, sejam de boas colheitas”, disse.

Elizabeth Costa aproveitou a oportunidade para agradecer à Federação Nacional das Escolas Particulares (FENEP) pelo apoio para consolidar e tornar o Sindicato mais forte nas lutas e conquistas diárias.

História

No dia 13 de outubro de 1989, os representantes das entidades mantenedoras dos estabelecimentos particulares de ensino do Estado do Acre criaram o SINEPE-AC com sede no município de Rio Branco, jurisprudência em todo o Estado do Acre, abrangendo os estabelecimentos de ensino de 1º, 2º e 3º graus e demais cursos livres. Atuais Ensino fundamental, médio e superior.

LEIA TAMBÉM