SIGA A FENEP NAS REDES

Sinepe Rio tem nova diretoria

Tomou posse na terça-feira (15/03), a nova diretoria do Sinepe Rio que irá comandar a entidade na gestão 2022/2023. Pedro Paulo de Bragança assumiu a presidência em substituição ao professor Jose Carlos Portugal, que esteve à frente do Sindicato de 2018 a 2021. Também fazem parte da nova gestão o vice-presidente Pedro Flexa Ribeiro e demais 21 educadores. O evento de posse ocorreu no auditório da entidade e contou com a presença do presidente da FENEP, Bruno Eizerik, dirigentes de outros sindicatos e autoridades regionais.

Em seu discurso de posse, o presidente eleito salientou que o propósito da atual diretoria é criar as melhores condições para que as escolas particulares do Rio se desenvolvam, cresçam e continuem sendo relevantes para a sociedade. “O Sinepe Rio reforça o compromisso de apoiar e assessorar as escolas filiadas, oferecendo todo o suporte necessário”, destacou.

O presidente da Fenep, Bruno Eizerik, destacou, em sua fala, a importância de trabalhar em parceria com o Sinepe Rio: “Tudo que acontece no Rio de Janeiro ecoa para o Brasil inteiro. Nesses anos de pandemia, nós estivemos ainda mais próximos. Precisamos ter liberdade de ensinar e liberdade de escolher. E tenho convicção de que essa é uma bandeira que Pedro Paulo vai continuar honrando aqui”. O dirigente lembra que ano que vem o Sindicato completa 90 anos de muita luta e história. “Figuras ilustres da educação fizeram e fazem parte dessa história. Temos certeza de que a próxima gestão será marcada por muito sucesso porque competência não falta”, ressalta Eizerik. Ele lembra que o Sindicato forte reflete a força que a escola privada tem na cidade do Rio de Janeiro.

Saiba mais sobre o novo presidente

Diretor da Escola Técnica do Rio de Janeiro (ETERJ), desde 1990, Pedro Paulo integra a Diretoria do Sinepe Rio há 18 anos, sendo os últimos quatro como vice-presidente. Além disso, faz parte da Diretoria da FENEP. Foi, ainda, membro do Conselho Estadual de Educação. Pedro segue o caminho de seu pai, Pedro Paulo de Bragança Pimentel, que presidiu o Sinepe Rio na gestão 1975/1976.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sinepe Rio

LEIA TAMBÉM