SIGA A FENEP NAS REDES

Volta às aulas: cerca de 300 escolas podem fechar as portas com evasão e inadimplência

Depois de uma batalha jurídica, como escolas privadas foram autorizadas pela Justiça a retomar as atividades presenciais nesta quinta-feira, mas a volta não será para todas as instituições. A inadimplência e as dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus fizeram com que vários anunciassem o encerramento de suas atividades antes mesmo do fim do ano letivo. A crise atingiu, por exemplo, os tradicionais Bennett, no Flamengo, e o Santo Amaro, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Rio de Janeiro (Sinepe Rio) estima que entre 200 e 300 colégios fechar as portas até dezembro no estado.

– Trata-se de um número bastante grande – lamentou Lucas Werneck, diretor do Sinepe Rio.

A entidade calcula que 12% das 2.400 escolas não sobrevivam. A entidade não tem dados a capital, mas diz que, em todos os locais, as dificuldades são as mesmas: inadimplência e evasão, que é pior na educação infantil. As matrículas de 80% dos alunos de até 5 anos foram canceladas, estima o sindicato. Nos dois casos, a principal justificativa é a perda de renda das famílias.

Geraldo Ribeiro e Letícia Lopes

Fonte: Extra

Publicada em: https://extra.globo.com/noticias/rio/volta-as-aulas-cerca-de-300-escolas-podem-fechar-as-portas-com-evasao-inadimplencia-24672320.html

LEIA TAMBÉM